Quero investir em um imóvel na planta. E agora?

Realizar o sonho da casa própria está cada vez mais presente na vida dos brasileiros, e com a flexibilização das políticas de crédito, financiamentos e condições de pagamento que as construtoras oferecem, muitas pessoas podem comprar o seu imóvel na planta e usufruir do novo investimento.

Porém, para investir em um imóvel na planta, é importante verificar algumas questões para que o seu sonho não se torne um problema à margem de questões que podem ser identificadas antes da compra. Pontuamos algumas dicas:

1. Conheça a construtora
Antes de adquirir um imóvel na planta, primeiro você precisa conhecer a construtora ou incorporadora que está realizando este empreendimento. Visitar outros imóveis entregues pela construtora pode ajudar a verificar as informações e entender o padrão de qualidade de suas obras.

2. Valores de parcelas e condições de financiamento
Conheça todos os valores que serão pagos, e verifique se as parcelas cabem no seu bolso do início ao fim, e, se for, preciso peça uma simulação de parcelas até o final do financiamento. Esteja atento a todos os detalhes de seu financiamento, prazos, taxa de juros, etc. É importante que você verifique, antes de assinar o contrato com a construtora, que seu crédito está 100% aprovado pelo banco.

4. Tamanho e localização do imóvel
Faça uma boa reflexão, levando em consideração de que o imóvel será entregue daqui há algum tempo, se o tamanho e a localização do seu novo lar atenderão às suas necessidades futuras.

5. Detalhes do imóvel
Esteja atento a todos os detalhes do imóvel, incluindo os seus diferenciais, para que na entrega do imóvel você tenha a certeza de que realmente está recebendo aquilo que comprou, se for possível, guarde folders e publicidades do empreendimento.

6. Saiba como o imóvel foi construído

Mais do que conhecer a planta baixa do empreendimento, é interessante ficar por dentro do levantamento de todas as medidas existentes na edificação, dos desenho técnicos de todos os trajetos de instalações elétricas, hidráulicas, estrutural, climatização. etc. Documentar a construção do empreendimento é essencial para dar segurança ao proprietário sobre a qualidade do imóvel adquirido e ajudá-lo sempre que houver alguma dúvida sobre um sistema construtivo.

7. Custo de compra
Em média, os imóveis na planta custam 20% a menos do que os imóveis já prontos, além de uma economia de aproximadamente 70% no registro do imóvel. E, apesar de as condições de financiamento serem mais exigentes nesta modalidade, depois de prontos, os imóveis tem uma valorização que pode chegar a quase 100%.

8. Seguro de obra
Os financiamentos de imóveis na planta, exigem das construtoras a aquisição de um seguro que garante a entrega da obra dentro do prazo.

9. Planeje
Aproveite o tempo de construção do imóvel para planejar e sonhar com o seu novo lar. Esse é o momento de escolher os móveis, decoração, e todos os detalhes que irão compor o seu espaço.

Sticky

Comments are closed.

Desenvolvido por IguanaWeb